07/10/2010

Amor perpetuo




Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge